Menu de Navegação de Páginas

Ubisoft faz história com o lançamento de Assassin’s Creed III

Maior game da franquia chega ao Brasil com muitas novidades e atinge dimensões e escalas sem precedentes; apenas na primeira semana de vendas na Europa e Estados Unidos, AC3 já superou 3,5 milhões de cópias vendidas

A Ubisoft acaba de anunciar que o jogo mais aguardado do ano, Assassin’s Creed III, chega às lojas brasileiras no dia 11 de novembro em versões para Xbox 360 e Playstation 3, por R$179,90. Assassin’s Creed III, que na primeira semana de comercialização na Europa e EUA já atingiu 3,5 milhões de unidades vendidas – o dobro de Assassin’s Creed Revelations –, conduz os jogadores por uma incrível aventura pelas vibrantes cidades dos Estados Unidos durante o período colonial, atravessando perigosas fronteiras, tempestades em alto mar e campos de batalha encharcados de sangue. O jogo foi desenvolvido pela Ubisoft Montreal em colaboração com outros seis estúdios da Ubisoft. Pela primeira vez na franquia, Assassin’s Creed estendeu seu universo completo a um sistema portátil com Assassin’s Creed Liberation. Oferecendo uma experiência única e exclusiva ao Playstation Vita, o jogo chega às lojas na mesma data das versões de Xbox 360 e PS3 e também custará R$ 179,90.

“Assassin’s Creed III é o maior lançamento e o mais ambicioso jogo história da Ubisoft . Nosso time cumpre um objetivo definido há 3 anos graças ao tremendo talento e intenso trabalho dos muitos estúdios da Ubisoft envolvidos no projeto.” Disse Yves Guillemot, CEO da Ubisoft. “Eles refinaram o núcleo da franquia enquanto implementavam novas experiências, como o combate naval, que irá trazer antigos e novos fãs ao universo de Assassin’s Creed.”

Os fãs de Assassin’s Creed poderão viver os novos momentos da franquia de duas maneiras diferentes. Assassin’s Creed III (para Xbox 360 e Playstation3), o primeiro jogo a utilizar o novo motor informático Ubisoft-AnvilNext, se passa durante a Revolução Americana no final do século XVIII e apresenta um novo heroi, Ratonhnhaké:ton, descendente de nativos americanos e ingleses. Apelidado de Connor, ele se torna a nova voz da justiça durante a antiga guerra entre Assassinos e Templários. Com combates de tirar o fôlego e inovações sem precedentes, os gamers viverão de perto a intensa batalha dos Assassinos contra uma tirania implacável que ameaça sua liberdade.

Já em Assassin’s Creed III Liberation, Os jogadores atuarão com a primeira protagonista mulher de Assassin’s Creed, Aveline. Determinada, Aveline luta pela liberdade em New Orleans do século 18 – uma cidade à beira de rebeliões diante das novas regras impostas pelo Império Espanhol. Assassin’s Creed III Liberation também apresenta controles específicos para o Vita, aproveitando ao máximo a tela frontal multitoque, os painéis de toque traseiros, câmeras e giroscópio. Por meio destes comandos, os jogadores farão combates únicos, interações entre personagens e adivinhações – sempre em uma grande imersão à experiência de Assassin’s Creed.

Para mais informações sobre Assassin’s Creed, visite o site oficial de Assassin’s Creed (www.assassinscreed.com) e a página da Ubisoft Brasil no Facebook (http://www.facebook.com/ubisoft.brasil).

Sobre a Ubisoft

Criada em 1986, na França, a Ubisoft é uma das principais produtoras, editoras e distribuidoras de produtos de entretenimento digital do mundo, com escritórios em 26 países e vendas em mais de 55 países. No ano fiscal de 2011-2012, a Ubisoft gerou vendas globais de € 1,061 bilhão. Empenhada em oferecer produtos de alta qualidade, a empresa vem aumentando consideravelmente sua participação no mercado com um portfólio forte de marcas, produtos e parcerias. Ubisoft está no Brasil em São Paulo-SP desde 1999. Mais informações em www.ubisoftgroup.com.

henrigama

Editor, formado em Desenvolvimento de Jogos Digitais, porém está trabalhando em algo que não tem nada a ver com jogos. Teve seu primeiro contato com jogos através de um master system, e tenta se manter ao máximo conectado ao mundo de games. Joga de tudo, odeia preconceitos com “gráficos”, sonha em ter um quarto com todos os videogames possíveis e imagináveis, além de trabalhar em alguma grande empresa desenvolvedora de jogos.

Deixe o seu comentário, crítica ou sugestão !