Menu de Navegação de Páginas

O primeiro “Steam Box” já possui codinome: Piston

O dispositivo que combina as vantagens do computador desktop e do console foi apresentado na CES 2013, conheça um pouco mais do dispositivo de codinome “Piston”.

O primeiro “Steam Box” está mais perto de se tornar real. Pelo menos isso é o que se pode concluir após o surgimento de um aparelho de codinome Piston na CES.

Desenvolvido pela Valve e a Xi3, apesar de não ter muitos detalhes revelados -dentre eles o preço-, o que se sabe até o momento é que o Piston seria nada mais e nada menos que um mini computador optimizado para os games da Valve, em modo Big Picture, ou seja, é um dipositivo protótipo para jogarmos jogos de computador, na televisão.

Segundo a Polygon, o Piston possui memória interna de até 1TB e possibilita a atualização dos componentes internos -como a memória RAM por exemplo-, possui uma porta ethernet (rede), entrada e saída para áudio, 8 portas USB, quatro destas portas são USB 3.0 e mais quatro USB 2.0 (com uma dedicada para o teclado), quatro portas eSATAp (para armazenamento externo), duas portas Mini Display e uma porta DisplayPort/HDMI.

A Engadget também publicou algumas informações em seu site, de acorda com ela, o Piston possui um consumo baixo de energia (40w) e processador quad-core, como os processadores AMD Fusion.

A Time Tech  não ficou de fora desta novidade, em seu site ela divulgou que o Piston é baseado na  na máquina X7A da Xi3. Este sistema possui um processador quad-core, memória RAM de até 8GB (DDR3), memória interna de até 1 TB e suporte para três monitores, seu preço inicial é de $999 (R$2035,86 na cotação de hoje). É importante frisar que estas especificações não serão necessariamente as mesmas do Piston nem este será seu preço.

O certo é que duas coisas positivas devem ser destacadas com o que nos foi apresentado até agora:

– Seu tamanho, a Xi3 dividiu a placa mãe em 3 partes e as rearranjou, tornando-o realmente um PC compacto, seu tamanho chegou ao ponto em que coubesse na palma da mão.

– Possibilidade de sofrer upgrades pelos usuários, devido a sua placa-mãe modular que permite a troca de componentes, exatamente como um computador, podemos nós mesmos, após ter o aparelho, realizar upgrades ao invés de esperarmos uma próxima geração como ocorre com os consoles atuais.

Esta união perfeita de vantagens: a portabilidade de um console e a possibilidade de upgrade de um computador, torna-o tão único e aguardado pelo mundo gamer, resta-nos agora esperar por mais novidades.

Vale lembrar que esta versão apresentada na CES não é definitiva.

TG

Fontes:

Engadged: http://www.engadget.com/2013/01/08/hands-on-with-xi3s-piston-modular-pc-at-ces/

Polygon: http://www.polygon.com/2013/1/7/3849284/piston-valve-steam-box-xi3

Time Tech: http://techland.time.com/2013/01/08/xi3s-piston-a-steam-box-emerges-sort-of/

Jhordan

Muito prazer me chamam de otário, por amor às causas perdidas. (Dom Quixote, Engenheiros do Hawaii)

Deixe o seu comentário, crítica ou sugestão !