Menu de Navegação de Páginas

Dos quadrinhos aos games, heróis e vilões faturam milhões !

Dos quadrinhos aos games, heróis e vilões faturam milhões !

Estamos passando por uma fase em que os heróis das HQs são a bola da vez.

avengers-brasil

E quem diria que um tipo de literatura que sofreu discriminação no passado se tornaria a grande galinha dos ovos de ouro do momento?

Nos últimos anos temos visto várias versões de jogos onde os seus personagens centrais vieram das historias em quadrinhos e se tornaram personagens de games, ou vice versa. Podemos citar casos como do Homem Aranha, Batman, Homem de ferro, Hulk, Vingadores, X-Men, Quarteto Fantástico, que nasceram dos quadrinhos e acabaram no mundo dos games e também Halo, Assassins Creed e Diablo, que fizeram o caminho inverso, só para citar alguns.

Parece que definitivamente a indústria do entretenimento entendeu que este tipo de linguagem é capaz de gerar conteúdos de qualidade que extrapolam o seu universo, atinge todas a classes sociais, e o mais importante de tudo, abarrotam os cofres das empresas com milhões de dolares.

Graças as produções de Hollywood, que levaram estes personagens para a telona do cinema, os mesmos se tornaram mais populares ainda, despertando o hábito da leitura e a curiosidade naqueles que ainda não era fan dos “gibis”. Dessa forma, a demanda de público que está a procura por este tipo de conteúdo aumentou e se tornou um círculo vicioso onde todos querem acompanhar os seus heróis favoritos nos quadrinhos, no cinema e também nos games.

E quem sai ganhando com isto somos nós, fans como eu e você, que curtimos acompanhar as aventuras de nossos heróis e vilões favoritos.

Que venham mais games, mais quadrinhos e mais filmes para a nossa diversão !

E você, o que acha da transposição dos personagens dos quadrinhos para o cinema e games?

TG

Zêr Arnaldo

Atua na área de Geoprocessamento, é editor do Titan Games. Foi curador da área games da Campus Party, adora quadrinhos, fotografia, astronomia, sonhador como Julio Verne, fan do bom e velho rock ‘n roll. Sua meta é conhecer os quatro cantos do mundo, ou quem sabe ir para o alto, e para o infinito ! 🙂

Leia também:

Deixe o seu comentário, crítica ou sugestão !