Menu de Navegação de Páginas

Confira como foi a primeira edição da Brasil Mega Arena no Rio de Janeiro

Maior evento de e-Sports da América Latina estreou na capital fluminense com 29 mil pessoas vibrando com campeonatos emocionantes de League of Legends, Dota 2 e CrossFire; outro destaque foi a presença de youtubers como Felipe Neto, Julio Cocielo, Cellbit e Lucas Lira.

Não faltou animação para os visitantes da quarta edição da Brasil Mega Arena (BRMA), realizada pela primeira vez no Rio de Janeiro entre os dias 4 e 7 de junho. A versão carioca do maior evento de e-Sports da América Latina contou com a presença de 29 mil pessoas, que esgotaram os ingressos, encheram o Centro de Convenções SulAmérica, jogaram diversos games em áreas free-to-play, acompanharam de perto campeonatos vibrantes e encontraram seus ídolos do YouTube.

Brma 1

Desde o primeiro dia, os visitantes da BRMA formaram longas filas à frente da entrada do evento aguardando sua abertura. Do lado de dentro, estandes e áreas de jogos como CrossFire, HearthStone e Minecraft estavam à disposição dos fãs para que se divertissem das 10h às 22h. Além dos espaços free-to-play, um palco gigante com plateia para 1500 pessoas sentadas teve atividades ao longo de todo o dia, seja com partidas dos campeonatos de CrossFire, League of Legends e Dota 2, com showmatches de Heroes of the Storm ou com a presença de youtubers famosos, que por onde andavam atraíam uma legião de admiradores querendo fotos e autógrafos.

“A primeira edição da BRMA no Rio de Janeiro foi um sucesso. O público carioca compareceu em ótimo número, participou ativamente de cada partida no palco, se divertiu nos estandes e interagiu bastante com os youtubers. Estamos muito felizes e satisfeitos com o resultado dessa estreia”, disse Felippe Corradini, organizador da BRMA. “Agora vamos focar nosso trabalho na próxima Brasil Mega Arena, em São Paulo, e quem sabe retornar ao Rio de Janeiro em breve”, completou.

Brma 2

CrossFire

Bastante popular no Rio de Janeiro, CrossFire foi um dos pontos altos da BRMA. A competição, que teve a participação das equipes Dai Dai, INTZ, Jayob e paiN Gaming, foi muito agitada desde o início e sagrou a equipe INTZ como grande vencedora, que além do troféu da primeira etapa do campeonato brasileiro de CrossFire conquistou um prêmio de R$19 mil. Para levantar a taça, a Jayob eliminou DaiDai por 2 a 0 nas semifinais e chegou à final de domingo contra o Jayob, que havia vencido a paiN Gaming por 2 a 0. Na partida que valia o título, INTZ surpreendeu e venceu por 2×1. Após comemorar bastante, o jogador André “Dedee1” Santos disse: “Desde a fase on-line nunca fomos favoritos e aqui ganhamos de equipes tops. Estamos numa crescente muito grande, o título soma bastante e agora vamos continuar treinando para conseguir uma vaga para o mundial”.

Resultados:

Semifinal 1 – Jayob 2 x 0 paiN Gaming
Semifinal 2 – INTZ 2 x 0 Dai Dai
Disputa de terceiro lugar: paiN Gaming 2 x 0 Dai Dai
Final: INTZ 2 x 1 Jayob

Brma 3

League of Legends

League of Legends costuma arrastar muitos fãs e jogadores onde quer que vá, e na BRMA não foi diferente. O público vibrou muito durante todo o campeonato, que reservou alguns resultados inesperados. A equipe SE LOCO CACHORREIRA (SLC) perdeu a partida de estreia para Jayob e-Sports, mas na repescagem surpreendeu a Brave e-Sports de virada e garantiu uma nova chance na competição. Com a vitória, enfrentou a equipe Big Gods, uma das favoritas, que havia vencido a Brave e-Sports na primeira partida mas perdido da Jayob e-Sports na disputa seguinte. Apesar do jogo equilibrado, a SLC não conseguiu superar a Big Gods e encerrou sua participação na BRMA com o surpreendente terceiro lugar. Na finalíssima, Jayob e Big Gods travaram um grande duelo que terminou com a vitória por 2 a 0 para a Jayob. Após levantar o troféu, Gabriel “Turtle” Peixoto, jungle da Jayob, celebrou: “Jogar frente a frente com o adversário e com tanta gente assistindo é inexplicável. É muito bom! Viemos confiantes na vitória, treinamos bastante e isso fez com que conseguíssemos o resultado”.

Resultados:

Round 1 – jogo 1 – Jayob 2 x 0 SLC
Round 1 – jogo 2 – Big Gods 2 x 0 Brave e-Sports
Repescagem 1 – SLC 2 x 0 Brave e-Sports
Semifinal 1 – Jayob 2 x 1 Big Gods
Repescagem/ Semifinal 2 – Big Gods 2 x 1 SLC
Final – Jayob 2 x 0 Big Gods

Brma 4

DotA 2

O campeonato de Dota 2 teve as maiores surpresas da BRMA do Rio de Janeiro. Com cinco equipes participantes, o formato de disputa dava a todos os times uma segunda chance em caso de derrota nas fases iniciais. No primeiro round, Ode e ez Kafka disputaram a quarta vaga da etapa seguinte, que já tinha definida a presença de Dynasty Hon, sX Gaming e INTZ. Por 2 a 0, Ode venceu a disputa e se classificou para um duelo com a Dynasty, mas acabou derrotada. Na outra chave, INTZ venceu a sX Gaming e avançou para as semifinais. As duas equipes perdedoras jogaram uma nova repescagem e a Ode conseguiu eliminar a sX Gaming por 2 a 1, mantendo viva a possibilidade de título. Dynasty Hon, que nunca havia participado de um campeonato presencial, venceu a INTZ por 2 a 0 e se garantiu na final. O adversário sairia do confronto entre INTZ e Ode, que mais uma vez superou todos os prognósticos e se classificou para a finalíssima eliminando a favorita INTZ por 2 a 1. No duelo que valia o título, a invicta Dynasty Hon bateu a Ode por 2 a 0 e levou para casa o troféu do campeonato de Dota 2 e um prêmio de R$ 7 mil.
“Viemos acreditando que ganharíamos. Nos surpreendemos com a Ode na final, mas foi legal e divertido do mesmo jeito. Mostrou que existem bons jogadores e times que ainda estão sem patrocínio”, disse Tale, capitão/mid da Dynasty Hon.

Resultados:

Round 1 – ez Katka 0 x 2 Ode
Round 2 – jogo 1 – sX Gaming 0 x 2 INTZ
Round 2 – jogo 2 – Dynasty 2 x 0 Ode
Repescagem 1 – sX Gaming 2 x 0 ez Katka
Repescagem 2 – sX Gaming 0 x 2 Ode
Semifinal 1 – Dynasty 2 x 0 INTZ
Repescagem/ Semifinal 2 – Ode 2 x 0 INTZ
Final – Dynasty 2 x 0 Ode

Brma 5

Heroes of the Storm

Nos quatro dias de BRMA o público pôde acompanhar partidas muito divertidas de Heroes of the Storm, novo jogo da Blizzard. Na quinta e sexta-feira, no palco principal do evento, as equipes lideradas pelo youtuber Muca Muriçoca e pelo narrador Gordox se enfrentaram para desempatar uma batalha que havia começado na edição anterior do evento, em São Paulo. Porém, não foi dessa vez que um deles comemorou a superioridade. Com uma vitória para cada lado, o duelo terminou igual e a decisão foi adiada novamente.

No sábado, quem subiu ao palco para jogar Heroes of the Storm foram duas equipes amadoras formadas por fãs do game. Já no domingo, aconteceu a partida mais esperada: CNB contra Jayob e-Sports. Neste primeiro jogo entre equipes profissionais brasileiras diante do público, a Jayob e-Sports se deu melhor e venceu por 2 a 1.

Brma 6

Youtubers

Uma das grandes atrações da BRMA do Rio de Janeiro foi a presença de youtubers famosos. Ao longo do evento, dezenas de celebridades do YouTube passaram pelo Centro de Convenções SulAmérica e fizeram apresentações no palco principal, responderam dúvidas dos fãs, distribuíram autógrafos e posaram para fotos. Entre os mais assediados pelo público estiveram Felipe Neto, Julio Cocielo, Luba, Irmãos Piologo, Casal de Nerd, Celbitt, Muca Muriçoca e Lucas Lira.

Brma 7

Áreas de exposição

Além de assistir aos campeonatos no palco principal, os visitantes da BRMA também puderam se divertir jogando seus games favoritos. Áreas free-to-play e estandes com títulos como CrossFire, HearthStone, Minecraft e Just Dance 2015 estavam à disposição para que os fãs se divertissem das 10h às 22h em todos os dias do evento. Já os interessados em adquirir produtos de seus times preferidos, equipamentos de jogo, roupas e acessórios puderam visitar as lojas da pain Gaming, Jayob e-Sports, Game7 e Rexpeita.

Para mais informações sobre a Brasil Mega Arena, acesse http://xma.com.br/

Sobre a Brasil Mega Arena – A Brasil Mega Arena é o maior evento de e-Sports da América Latina, com campeonatos dos jogos de PC mais populares da atualidade, como League of Legends, Dota2, CrossFire, entre outros. As partidas são disputadas em um mega palco com transmissões ao vivo e narrações eletrizantes. Paralelamente às competições, importantes empresas do setor mostram novidades, youtubers famosos atendem aos seus fãs e o público joga à vontade em diversos computadores espalhados pelo evento. Os presentes ainda podem conhecer os jogadores profissionais de e-Sports, comprar produtos oficiais dos times e outros itens do universo gamer.

TG

Zêr Arnaldo

Atua na área de Geoprocessamento, é editor do Titan Games. Foi curador da área games da Campus Party, adora quadrinhos, fotografia, astronomia, sonhador como Julio Verne, fan do bom e velho rock ‘n roll. Sua meta é conhecer os quatro cantos do mundo, ou quem sabe ir para o alto, e para o infinito ! 🙂

Leia também:

Deixe o seu comentário, crítica ou sugestão !