Menu de Navegação de Páginas

Confira um resumo da E3 2015 por @Henrigama

Eu poderia trazer milhares de informações, dados, reviews, previews e mais um monte de coisa da semana da E3, mas como isso já foi amplamente divulgado em diversos sites e aqui no TG, resolvi trazer no meu ponto de vista do que eu achei desta E3. Já avisando que não serei bonzinho…

As Três Grandes… deixaram a desejar

Como sempre, a maior “hype” do pré-evento fica a cargo das três grandes do mundo dos games, Nintendo, Microsoft e Sony, gerando diversos rumores do que será apresentado, dos games exclusivos, das inovações tecnológicas… Mas vendo no geral achei que nenhuma trouxe uma revolução, algo para se dizer “POXA CARA, É AGORA QUE EU COMPRO O CONSOLE X”.

Vamos lá mostrar um pouco do que cada uma trouxe:

Microsoft chegou com Forza 6, com pista do Rio de Janeiro, montadoras como Ferrari e Porsche, Crackdown, Fable Legends, Gears of Wars 4, Quantum Break, Rise of Tomb Raider e Scalebound, Rare Replay com 30 jogos clássicos da Rare e um conceito de Halo 5 utilizando o Microsoft Hololens, óculos virtual da Microsoft.

As duas noticias que causaram mais furor foram o Controle Elite, evolução do controle de Xbox One com quatro gatilhos extras e D-PAD personalizável e a maior novidade para mim de toda a conferência, a retrocompatibilidade nativa de jogos do Xbox 360, que inicialmente será para uma biblioteca restrita e “emulará” o 360 via aplicativo, trazendo todo o conteúdo, como troféus dos jogos para o Xbox One. Imagino eu que será a forma que a MS dará o empurrão para quem estava com dúvida em migrar ou não para o XONE.

Sony trouxe The Last Guardian, “revivido” depois de 6 anos de espera, Horizon Zero Dawn, Uncharted 4: A Thief’s End, World of Final Fantasy para PS4 e Vita que tratá vários personagens do mundo de Final Fantasy com vários elementos de diversos jogos da franquia.

O que salvou a E3!

Mas a maior notícia de todas, mesmo não sendo jogo first party, mas que será exclusivo inicialmente para PS4 e que fará todos os gamers, novos ou não, poderem sentir o gosto de um dos melhores RPGs de todos os tempos, Final Fantasy VII, que finalmente ganhará mais que um remake do jogo lançado para PS1, dizem que virão novas cenas, partes do jogo e até poderia dizer que esse era um jogo que faria eu comprar um console, MAS sei que no fim, como todos os últimos FF lançados, depois de um tempo deixará de ser exclusivo e estará disponível em todas as plataformas não sendo exclusivo da Sony, então continuo com o que disse lá no começo. Confere ai o trailer oficial:

E nada de surpreendente também das menores…

Outras empresas trouxeram poucas novidades, como Star Wars Battlefront, FIFA 16 que agora contará com times femininos (finalmente uma novidade na franquia), PES 2016 com o Neymar na capa, Just Cause 3, Naruto Shippuden: Ultimate Ninja Storm 4 dentre outros. Além desses outro jogo que chamou a atenção (mais pontos para a Square) foi Kingdon Hearts 3, continuação tão esperada do crossover da Square com a Disney mostrando um pouco da gameplay e da história.

E por ultimo, a empresa que infelizmente tem sido a menos empolgante nas ultimas E3, contradizendo um passado que já arrepiou com Wii, foi a Nintendo, que deu foco para o 3DS e deixou o WiiU com poucos títulos que não trouxeram nenhuma grande surpresa, como Yoshi’s Wooly World, Star Fox para WiiU e Mario Maker. No portátil, Metroid Prime: Federation Force, Fire Emblem Fates, Animal Crossing Happy Home Designer, Hyrule Warriors Legends, The Legend of Zelda: Tri Force Heroes e Mario & Luigi: Paper Jam fecham os títulos anunciados para 3DS.

Mas bem que eles poderiam ter lançado esse rumor (que muitos dizem ser fake, mas vai que…) abaixo na E3, levaria muitos fãs ao delírio.

Bom, no final fique empolgado apenas com o Remake do Final Fantasy VII e a continuação de Kingdon Hearts, o restante não superou a expectativa nem me deixou com aquele gostinho de quero mais.

Espero que as empresas se dediquem mais para a edição de 2016, e quem sabe a Nintendo não resolve trazer o sucessor do WiiU. Vamos aguardar.

 

PS: As opiniões aqui expressadas neste post representam única e exclusivamente a opinião do autor do post, @Henrigama, e não expressam as opiniões do site Titan Games nem de seus administradores, ok? Não gostou, xinga ele muito no twitter 😉

 

 

henrigama

Editor, formado em Desenvolvimento de Jogos Digitais, porém está trabalhando em algo que não tem nada a ver com jogos. Teve seu primeiro contato com jogos através de um master system, e tenta se manter ao máximo conectado ao mundo de games. Joga de tudo, odeia preconceitos com “gráficos”, sonha em ter um quarto com todos os videogames possíveis e imagináveis, além de trabalhar em alguma grande empresa desenvolvedora de jogos.

Leia também:

Deixe o seu comentário, crítica ou sugestão !