Menu de Navegação de Páginas

Never Alone, muito mais que um videogame !

As vezes a gente é pego de surpresa revendo coisas do passado que até então não havíamos prestado muita atenção. E um desses momentos aconteceu comigo recentemente, quando resolvi dar uma espiada no game Never Alone, que foi lançado no final de 2014, para o Playstation 3, 4, WiiU, PC e Xbox One.

Durante uma das minhas mais recentes espiadas na Xbox Live, vi que Never Alone estava sendo oferecido pela bagatela de R$14,00 reais, e ao ver que o jogo tinha sido desenvolvido utilizando a Unity engine, não hesitei e comprei a minha cópia.

Bem, não vou ficar falando aqui sobre o estúdio, sobre os aspectos técnicos e jogabilidade do game, mas sim o que me atraiu e me surpreendeu jogando-o, e porque vale a pena fazer uma pausa no seu shooter preferido, ou outro game atual, para se enveredar pelos caminhos gelados do Alasca com Nuna e sua raposa.

Never alone é baseado na cultura e no folclore dos povos indígenas do Alasca, por isso o game é conhecido também como Kisima Innitchuna (Não estou sozinho), seu nome no dialeto indígena.

Never Alone Spirits

O jogo tem início quando a aldeia de Nuna é atingida por uma nevasca impiedosa, e por conta disso, ela sai de sua tribo para investigar a causa deste fenômeno climático, e pelo caminho encontra uma raposa do Ártico, que a partir de então torna sua companheira durante a viajem. Contam os nativos do Alasca, que aquele que consegue domesticar uma raposa ártica, ganha uma ótimo companheiro, pois ela torna-se protetora de seu dono e não o deixa se meter em encrencas nunca. E realmente, em Never alone, a raposa é fundamental para Nuna, que sem ela não conseguiria superar muitas dificuldades.

O mais bacana de tudo é que, conforme Nuna vai superando os obstáculos que encontra pelo caminho, uma série de vídeos são desbloqueados. Estes vídeos apresentam entrevistas com os nativos, que contam histórias e costumes de suas tribos, e através deles, além de nos divertirmos e passarmos um tempo relaxados jogando este título, também aprendemos um pouco sobre aqueles que vivem em condições extremas, lá no frio congelante do Alasca.

Em Julho deste ano (2015), foi lançado uma expansão do game, com o título: Never alone: Foxtales, que adiciona novos níveis e expande a aventura de Nuna e sua raposa.

#Ficaadica

Já jogou Never Alone? Conte para nós como foi a sua experiência com o jogo !

#Start

@zerarnaldo

Zêr Arnaldo

Atua na área de Geoprocessamento, é editor do Titan Games. Foi curador da área games da Campus Party, adora quadrinhos, fotografia, astronomia, sonhador como Julio Verne, fan do bom e velho rock ‘n roll. Sua meta é conhecer os quatro cantos do mundo, ou quem sabe ir para o alto, e para o infinito ! 🙂

Leia também:

Deixe o seu comentário, crítica ou sugestão !