Menu de Navegação de Páginas

Jogo ‘League of Kites’, desenvolvido no CTC/PUC-Rio, leva a pipa para o mundo virtual

Jogo ‘League of Kites’, desenvolvido no CTC/PUC-Rio, leva a pipa para o mundo virtual

Não importa se você chama de pipa ou cafifa, se mora no Brasil ou na Índia, o jogo League of Kites quer conquistar brasileiros e estrangeiros ao transportar as batalhas de pipa das ruas para as telas de smartphones e tablets. Desenvolvido pelos estudantes da PUC-Rio Mateus Cunha, de Desenho Industrial, e Leandro Morgado, de Engenharia da Computação — integrantes da turma do programa de formação para desenvolvimento iOS, coordenado pelo Laboratório de Engenharia de Software (LES) do Centro Técnico Científico da PUC-Rio (CTC/PUC-Rio) — o jogo é um dos finalistas da 5ª edição do Campus Mobile, cuja final acontecerá em abril, em São Paulo.

Fiel às características tradicionais da brincadeira, o game adota gráficos de alta qualidade técnica para representar com realismo os movimentos da pipa e oferecer aos usuários uma jogabilidade inédita na plataforma multiplayer online.

Usuários podem participar do Programa de Testes do jogo

Uma das etapas a ser apresentada na final do Campus Mobile é a fase de testes que antecede o lançamento do jogo. Para ter sucesso nesta etapa final, o League of Kites disponibiliza, em seu site oficial, um formulário para quem quiser participar do Programa de Testes. Os interessados receberão, por e-mail, um link que dará acesso ao jogo em sua versão Beta, possibilitando a eles experimentar o jogo e sugerir aperfeiçoamentos.

A finalização do protótipo, a adesão dos jogadores e a facilidade de entender como o game funciona serão aspectos importantes para sair vencedor da competição. “A colaboração dos usuários é fundamental para impulsionar a evolução do aplicativo, que terá sua versão final, gratuita, disponível para download na App Store e no Google Play”, reforça Leandro.

Mateus acrescenta que há ainda a vantagem de fidelizar o público e ganhar na divulgação: “Além de validar o público, a jogabilidade e a interface do aplicativo, criaremos entre os jogadores uma expectativa para o lançamento”. O jogo pretende disponibilizar, a cada atualização, novos pacotes com diferentes modelos de pipa – utilizados no Brasil e no mundo. “Não é necessário realizar compras para disputar as partidas”, explica Mateus. O aplicativo será grátis para ser jogado, mas irá oferecer, opcionalmente, a compra de itens especiais e recursos que permitirão acelerar o progresso do jogador. Para o futuro, os criadores planejam explorar a marca do jogo em produtos, como carretéis e em pipas de verdade.

Paixão que migra para a tela do celular

Ao participarem em agosto de 2015 do Festival de Pipas de São Gonçalo-RJ, o maior do Brasil, Mateus e Leandro confirmaram que o público gostaria de uma plataforma virtual que simulasse as batalhas. “Quem solta pipa dá um valor inimaginável àquilo. Corre até riscos. A ideia foi transformar a pipa numa competição, como se fosse uma Copa do Mundo. O League of Kites não é apenas para pipeiros, mas para qualquer pessoa que queira se divertir”, afirma Leandro.

Para criar o jogo, Mateus Cunha e Leandro Morgado inspiraram-se na paixão e no comprometimento envolvidos na brincadeira, além de ser uma atividade tipicamente carioca. “Dibicar, cortar, puxar, fazer rabiola, raia etc. Tudo isso já está programado no jogo. Mas abrimos mão do cerol (vidro moído colado à linha) por ser uma prática ilegal e perigosa. No lugar dele, vamos fazer a linha ter poderes e utilizá-la de forma lúdica no jogo”, explica Mateus. A proposta dos alunos é mostrar que soltar pipa é uma brincadeira positiva, que remete à infância, uma coisa de família, que o pai ensina para o filho. “Trouxemos para o jogo o pipódromo, que é um espaço aberto, como um campo de futebol, sem postes e estradas, totalmente seguro. Uma espécie de estádio de pipa, como deve ser de verdade”, reforça Mateus.

Apesar do game ser originalmente brasileiro, o público-alvo não está restrito a apenas um país, por isso o nome em inglês. Em pesquisas realizadas para aperfeiçoamento do aplicativo, os desenvolvedores descobriram que a atividade também é popular em outros países da América Latina e na Ásia, especialmente na China e na Índia. Por esse motivo decidiram dar um caráter global ao League of Kites, onde o jogador compete em ligas, disputadas em arenas localizadas em diversas cidades do mundo.

O League of Kites superou 14 oponentes para chegar à final do Campus Mobile e agora concorre com outros dois aplicativos na categoria Jogos. Os vencedores ganharão prêmios em dinheiro e uma viagem para conhecer o Vale do Silício e a Universidade de Stanford, nos Estados Unidos.

Mais informações em: http://leagueofkites.com/

PressStart !

Zêr Arnaldo

Atua na área de Geoprocessamento, é editor do Titan Games. Foi curador da área games da Campus Party, adora quadrinhos, fotografia, astronomia, sonhador como Julio Verne, fan do bom e velho rock ‘n roll. Sua meta é conhecer os quatro cantos do mundo, ou quem sabe ir para o alto, e para o infinito ! 🙂

Leia também:

Deixe o seu comentário, crítica ou sugestão !